fbpx

Como funciona o visto para nômades digitais no Brasil?

Desde janeiro de 2022, nômades digitais interessados em trabalhar remotamente a partir do Brasil podem solicitar a emissão de visto temporário e autorização de residência.

A decisão do Conselho Nacional de Imigração, órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, estabelece que o viajante poderá morar legalmente no país por até um ano, com opção de renovação pelo mesmo período.

Com isso, o Brasil começa a se alinhar a uma tendência que vem mexendo com a economia ao redor do mundo. Não à toa, vários países já têm vistos para nômades digitais, facilitando a entrada e a permanência temporária deles em seu território.

Neste texto, esclarecemos como funciona o nomadismo digital e quais os requisitos básicos para emitir o visto de nômades digitais no Brasil. Confira:

O que é nômade digital e qual é o seu impacto?

Por definição, nômades digitais são trabalhadores remotos que aproveitam a liberdade oferecida pela tecnologia para seguir atuando profissionalmente enquanto desfrutam outros destinos.

Atualmente, estima-se que existam mais de 35 milhões de nômades digitais ao redor do mundo, mas a expectativa é que o número de viajantes desta modalidade alcance a marca de 1 bilhão até 2035.

Hoje, calcula-se que os nômades digitais movimentem 787 bilhões de dólares por ano, valor suficiente para colocá-los – hipoteticamente, claro – na lista das 50 nações mais ricas do mundo.

Infelizmente, o Brasil ainda é um destino pouco procurado por nômades digitais estrangeiros, cenário que pode mudar a partir da adoção deste novo visto temporário.

De acordo com o site NomadList, que reúne dados sobre o assunto, o país aparece na 14.ª posição entre os países mais visitados pelos usuários da plataforma, com apenas 2% das intenções de resposta.

Como emitir o visto para nômades digitais do Brasil?

Para conseguir o visto de nômade digital, o estrangeiro deve comprovar que não tem vínculo empregatício no país, ou seja, que trabalha apenas para empresas estrangeiras.

Além disso, precisa apresentar documentos que certifiquem renda mínima mensal de 1.500 dólares ou disponibilidade de fundos bancários de 18 mil dólares, no mínimo.

O visto pode ser solicitado nos consulados brasileiros no exterior apresentando documentos que comprovem as condições e a contratação de um seguro-saúde válido no país.

Caso o viajante estrangeiro já esteja no Brasil, deverá entrar com o pedido pelo próprio sistema do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Se precisar de ajuda no procedimento, entre em contato com a CELESTINO. Nossos especialistas são experientes e podem te ajudar a reunir e apresentar os documentos exigidos para a emissão do visto de nômade digital.

Conte conosco e seja bem vindo!

Texto: Julio Simões

× Como podemos ajudar? Available from 08:30 to 18:00