fbpx

Turismo pelo sudeste asiático: planejamento é fundamental

Você tem planos para fazer um mochilão pelo sudeste asiático? Quer conhecer as praias, as belezas naturais, a cultura milenar e a história desses países tão diferentes do nosso? Pois saiba que antes de embarcar nessa aventura é preciso muito, mas muito planejamento. 

Afinal, mais do que conhecer e respeitar algumas regras de convivência em países como Tailândia, Camboja e Vietnã, é importante também saber quais documentos levar e o que fazer para minimizar possíveis imprevistos. A seguir, detalhamos algumas coisas que é preciso estar atento antes de viajar para os três dos mais populares destinos do sudeste asiático:

Tailândia

Segundo a Organização Mundial do Turismo, a Tailândia é o 10º país mais visitado do mundo. Não é difícil entender o porquê: as atrações vão desde praias paradisíacas a monumentos históricos. Ainda há as deliciosas (e picantes) comidas típicas e a famosa Festa da Lua Cheia, que todo mês reúne mochileiros do mundo todo em um ambiente com muita música, dança e diversão na Ilha de Ko Phangan.

Para os brasileiros ainda há o atrativo de não ser necessário visto de entrada no país para visitas de até 90 dias. Apenas o passaporte válido (mínimo de seis meses até prazo de expiração) deve ser apresentado no aeroporto. Porém, é preciso tomar vacina contra febre amarela e levar o Certificado Internacional de Vacinação.

Além disso, é preciso ficar atento também para algumas regras de convivência. Na Tailândia, cumprimentos como apertos de mãos ou abraços não existem: ao invés disso é feita a saudação “wai”. Evite ainda tocar nas outras pessoas, sobretudo na cabeça — é considerada a parte mais sagrada do corpo. Jamais fale mal da família real tailandesa, sob pena de até passar um tempo na cadeia. E nada de jogar lixo na praia ou sujar o chão: a multa para quem for pego pode chegar a mais de R$ 10 mil.

Outra precaução é quanto a melhor época do ano para viajar. Em geral, entre novembro e fevereiro é quando o calor não está tão forte e as tradicionais monções do sudeste asiático costumam dar uma trégua. 

Vietnã

O país já foi palco de uma guerra sangrenta contra os EUA, mas hoje é um lugar de paz e tranquilidade. Belezas naturais encantadoras e um povo amigável são algumas das coisas que você vai encontrar no Vietnã. Por outro lado, como ainda é uma região pouco desenvolvida economicamente, o viajante tem a impressão de estar visitando um lugar parado no tempo.

Quanto aos costumes, a primeira coisa a se atentar é a vestimenta. Ao visitar os pagodes e templos budistas, é proibido usar bermudas, saias ou roupas que mostrem demais. Isso é considerado desrespeitoso no país. Também é aconselhado não beijar ou dar abraços afetuosos em público, e nem tirar fotos de instalações militares.

Quanto à melhor época para viajar, recomenda-se a primavera, que vai de fevereiro a abril no sudeste asiático. Nesses meses, o calor não é tão intenso e há poucas chuvas. Em regiões mais montanhosas, ainda há a opção de visitar no inverno (entre outubro e novembro), quando o tempo está mais frio e seco. O processo para solicitar o visto, obrigatório para entrar no Vietnã, é feito na embaixada do país em Brasília. A CELESTINO pode te ajudar com isso – entre em contato

Camboja

Vizinha do Vietnã e da Tailândia, o Camboja é um destino menos badalado, mas não menos interessante. Para quem gosta de aventuras, pretende fugir de roteiros “pega-turistas” e gastar menos, o Camboja é uma boa opção no sudeste asiático.

O destaque são seus templos e monumentos budistas com séculos de história. Há também muitas praias e ilhas para visitar, além de passeios onde é possível vislumbrar a natureza da região. Quem gosta de comer coisas diferentes pode se surpreender com as diversas opções disponíveis a preços muito baratos.

O Camboja, porém, tem um histórico recente de guerras civis e conflitos políticos, por isso ainda há locais com minas terrestres, principalmente no interior do país (a dica é nunca sair das rotas demarcadas). Fora isso, também há o risco de ser furtado ou cair em pequenos golpes, portanto fique sempre alerta. Assim como o Vietnã, o Camboja também exige visto de entrada, que pode ser tirado com a ajuda especializada da CELESTINO.

Quais países formam o sudeste asiático?

Formado por seis regiões da Ásia, o chamado “sudeste asiático” engloba uma boa parte do continente. Além de Tailândia, Vietnã e Camboja já citados, também compõem a região os seguintes países: Brunei, Filipinas, Laos, Malásia, Mianmar, Singapura e Timor-Leste, além de parte da Indonésia (algumas de suas ilhas são normalmente consideradas parte da Oceania). Para saber mais sobre a documentação de alguns destes países, acesse nossa busca de destinos.

Fontes: Index Mundi, Itamaraty [1] [2], Governo de Hong Kong, Wikipedia
Texto: Igor Nishikiori, com edição de Julio Simões