fbpx

Por que preciso do visto americano para entrar em Porto Rico?

Conteúdo originalmente publicado em maio/2019 e atualizado em maio/2022

ilha de Porto Rico é um destino bastante procurado por turistas, sobretudo os que viajam em cruzeiros pelo mar do Caribe. Afinal, trata-se de um dos países mais deslumbrantes da América Latina, com natureza exuberante, praias belíssimas e uma história rica.

No entanto, nem todo mundo sabe da exigência do visto americano para entrar na terra dos Menudos. Por que há essa obrigatoriedade? Há outros países que também exigem a apresentação do visto americano? Explicamos em detalhes abaixo:

Porto Rico é um país?

A resposta mais simples é não. Hoje, Porto Rico é considerado um “território não incorporado” dos Estados Unidos, ou seja, é controlado pelo governo americano mesmo sem integrar oficialmente o país como unidade federativa.

No entanto, essa situação geopolítica é um pouco mais complexa e tem origem ainda no século XIX, quando a ilha era vinculada à Espanha, país que colonizou boa parte do Caribe e outras regiões pelo mundo.

Tudo começou a mudar com o início da Guerra Hispano-Americana, em abril de 1898. Esse conflito entre americanos e espanhóis, que teve a independência de Cuba como estopim, acabou resvalando em alguns outros territórios da América Central, entre eles a ilha porto-riquenha.

Felizmente, a guerra terminou poucos meses depois com a assinatura do Tratado de Paris. No acordo, foi decretada a independência de Cuba e a transferência de Porto Rico, Guam e Filipinas para o domínio norte-americano.

Com isso, esses países se tornaram territórios não incorporados dos EUA. Em 1946, as Filipinas se tornaram independente, mas Guam e Porto Rico continuam assim até hoje. Tanto que as línguas oficiais porto-riquenhas são inglês e espanhol, com prevalência do segundo idioma.

Porto Rico é dos Estados Unidos

Na prática, os territórios não incorporados são como uma colônia. Por lei, seus cidadãos são considerados americanos, ou seja, estão protegidos pela constituição dos Estados Unidos e podem circular livremente pelo país.

O cantor Luis Fonsi, autor do hit Despacito, exemplifica bem a relação entre essas duas regiões. Nascido na capital porto-riquenha San Juan, ele fez colégio e faculdade nos Estados Unidos antes de ficar famoso mundialmente.

Por outro lado, Porto Rico tem uma legislação própria e residentes de seu território não podem votar nem no presidente, nem em representantes ao congresso norte-americano.

Nas últimas décadas, Porto Rico realizou alguns referendos para decidir o futuro. O último foi em 2020, quando a maioria da população votou pela conversão da região no 51.º estado americano. A intenção, no entanto, foi derrubada pelo congresso americano, que tem a palavra final.

Com isso, os EUA seguem tendo 12 territórios não incorporados, cinco deles habitados: Porto Rico, Ilhas Virgens Americanas, Samoa Americana, Guam e Ilhas Marianas do Norte. Portanto, lembre-se: para entrar em qualquer uma dessas regiões, tenha sempre um visto americano válido.

Como tirar o visto para Porto Rico?

Tirar o visto de entrada para os Estados Unidos (e consequentemente para Porto Rico) exige uma boa dose de paciência e organização. Neste texto, indicamos como aumentar as chances de conseguir o visto americano.

Caso você tenha dupla nacionalidade (e uma delas for isenta de visto), é possível usufruir do Visa Waiver Program, que agiliza a obtenção deste documento.

Em todos os casos, a CELESTINO te ajuda com os trâmites burocráticos. Nossos profissionais são qualificados e estão preparados para te ajudar em todas as etapas do processo, da reunião de documentos até a emissão do visto. Para saber mais, entre em contato!

Texto: Igor Nishikiori, com edição e atualização de Julio Simões

× Como podemos ajudar? Available from 08:30 to 18:00