fbpx

O que é visto de trânsito e por que você deve estar atento a ele?

Em fevereiro deste ano, um casal de Muriaé (MG) ganhou uma ação contra uma agência de turismo após ser impedido de embarcar em um cruzeiro nos EUA por não ter autorização de entrada. Uma das paradas da embarcação seria no Canadá, onde é obrigatório o visto para brasileiros. Eles alegam que não foram informados da necessidade do documento. O fato é que, assim como o visto de entrada, o visto de trânsito também requer bastante atenção por parte do viajante. Muitas pessoas acham que é necessário apenas a autorização para o destino final, quando, na verdade, é preciso também tirar o documento para escalas ou paradas de navios de cruzeiro.

Preciso tirar visto para viajar de cruzeiro internacional?

Por isso, a seguir vamos tirar algumas dúvidas sobre o visto de trânsito e evitar que você tenha transtornos na sua próxima viagem internacional:

O que é o visto de trânsito?

Como o nome já diz, o visto de trânsito é um documento que autoriza o estrangeiro a entrar em um determinado país por algumas horas, como em uma conexão no aeroporto, por exemplo.

Ele é exigido por alguns países, como EUA, Canadá, Austrália e Japão, mas outros destinos permitem a permanência por até 72 horas sem necessidade deste documento.

Vale frisar ainda que, no caso do visto de trânsito, o viajante não pode deixar o aeroporto para passear, como muita gente faz em escalas mais longas.

Como tirar o visto de trânsito?

Tirar o visto de trânsito costuma ser mais simples e barato do que os vistos para turistas, já que os riscos de alguém usar o documento para imigrar ilegalmente são bem menores. A exceção são os EUA, que exigem as mesmas etapas do visto de entrada. A dica nesse caso é tirar logo o visto americano normal, até porque a taxa de emissão é a mesma para os dois documentos.

Para tirar o visto de trânsito, é preciso ter em mãos as passagens aéreas e, se necessário, o visto de entrada para o destino final. Por isso, não deixe tudo para última hora — ou agilize contratando uma assessoria de vistos, como a CELESTINO.

E se eu não tiver este tipo de visto?

Nesse caso, você não poderá embarcar no avião ou no cruzeiro, como aconteceu com o casal citado acima. Por isso, sempre verifique as paradas da sua viagem e veja se é necessário visto de entrada para cidadãos brasileiros.

Lembrando que há exceções como a China, que permite que brasileiros fiquem até 72 horas no país sem a necessidade de visto. Por isso, sempre verifique junto à companhia aérea ou agência de viagem sobre todos os documentos necessários para a viagem.

O eTA canadense substitui o visto de trânsito no Canadá?

Em partes. O Brasil tem um acordo com o Canadá que permite entrar no país usando o Autorização de Viagem Eletrônica (eTA, na sigla em inglês). Só que nem todo mundo é apto a tirar o eTA canadense.

Apenas quem possui visto americano válido ou quem tirou o visto canadense nos últimos dez anos tem direito a tirar a autorização de viagem.

Afinal, o que é o visto eTA e a quem se aplica?

Outro problema é que o eTA é válido apenas para quem entra no Canadá por avião. Quem vai viajar de cruzeiro ainda precisará do visto de entrada (ou de trânsito) canadense.

Para saber mais sobre o visto americano, acesse nossa página especial

Texto: Igor Nishikiori, com edição de Julio Simões

× Como podemos ajudar? Available from 08:30 to 18:00