fbpx

ETIAS: como funcionará a nova autorização de viagem para a Europa?

Com a intenção de melhorar a segurança de suas fronteiras, a Europa irá implementar em 2021 o Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem, mais conhecido pela sigla em inglês ETIAS. Esse novo documento será obrigatório para qualquer brasileiro que queira entrar no continente, seja a trabalho, lazer ou mesmo para fazer escala para outro destino. Para saber mais, acompanhe nosso guia de perguntas e respostas a seguir:

O que é o ETIAS?

O Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem é um novo documento que deverá ser emitido para quem quiser entrar na Europa, mais precisamente no espaço Schengen. Essa medida vale para qualquer cidadão dos países que não precisam de visto de entrada para o velho continente, inclusive os brasileiros. De acordo com a Comissão Europeia, o ETIAS deverá oferecer mais segurança e evitar problemas relacionados ao terrorismo e à crise migratória.

Quais destinos passarão a exigir o ETIAS?

Apenas países do Espaço Schengen exigirão a autorização eletrônica, caso de Alemanha, Grécia, Noruega, Áustria, Hungria, Polônia, Bélgica, Holanda, Portugal, Islândia, Dinamarca, Itália, República Tcheca, Eslovênia, Letônia, Suíça, Espanha, Liechtenstein, Eslováquia, Malta, Suécia, Estônia, Lituânia, Mônaco, Finlândia, Luxemburgo, San Marino, França e Vaticano. Lembrando que, apesar de não exigir visto para brasileiros, o Reino Unido não faz parte do espaço Schengen. No entanto, caso você passe por algum dos países citado acima, será necessário emitir o ETIAS antes de viajar.

O ETIAS é um tipo de visto?

Na prática, sim. A autorização eletrônica de viagem custará 7 euros, mas menores de 18 e acima de 70 anos não pagam. Além disso, terá validade de três anos ou até o passaporte expirar — o que acontecer antes. Vale dizer que o ETIAS por si só não garante a entrada no país, o agente alfandegário ainda poderá barrar a entrada de estrangeiros mesmo com o ETIAS em mãos.

O que é preciso para tirar o ETIAS?

Basicamente, é preciso ter um passaporte válido, já que o ETIAS ficará atrelado ao documento. O prazo máximo para emissão desse documento é de duas semanas. Para saber mais, entre em contato com a CELESTINO, temos uma equipe especializada disposta a te ajudar com esta e em outras etapas burocráticas de sua viagem.

Acesse a busca de destinos e veja quais documentos são necessários para viajar

Quanto tempo posso ficar na Europa com o ETIAS?

Mesmo com a nova autorização eletrônica, as regras atuais de permanência no espaço Schengen continuam valendo: o viajante pode ficar até 90 dias seguidos dentro de um prazo de 180 dias.

Quais são os outros requisitos para entrar na Europa?

A exigência do ETIAS não altera os outros itens obrigatórios para entrar no espaço Schengen. O viajante precisa de passaporte com validade mínima de 90 dias, seguro-viagem, comprovante de hospedagem, comprovante de renda e a passagem de volta. Tenha todos esses itens impressos e a tiracolo para evitar contratempos na imigração do aeroporto.

Fontes consultadas: ETIAS, BBC, Viagem e Turismo

Texto: Igor Nishikiori, com edição de Julio Simões

× Como podemos ajudar? Available from 08:30 to 18:00