fbpx

Cidadania italiana via administrativa na Itália: como solicitar?

Estima-se que mais de 30 milhões de brasileiros sejam descendentes de italianos, o que faz com que a fila de pedidos para reconhecimento de cidadania italiana, que já se arrasta por quase uma década, não pare de crescer!

Só em 2018, por exemplo, cerca de 216 mil brasileiros entraram com pedidos formais junto às repartições italianas no Brasil, número que vem aumentando a cada ano.

No entanto, existe uma maneira de solicitar esse reconhecimento mais rapidamente, a partir de um procedimento administrativo realizado diretamente nas comunes (cidades) italianas.

Neste texto, vamos detalhar como solicitar a chamada “cidadania italiana via administrativa”, listando as vantagens e dificuldades deste processo. Confira:

Quem tem direito à cidadania italiana?

Segundo a lei daquele país, todos os brasileiros descendentes de italianos são considerados naturalizados por jure sanguinis (por descendência).

Esse princípio é válido para todas as gerações desde que a sequência genealógica tenha sido mantida. Ou seja, se um italiano se naturalizou brasileiro, é possível que ele tenha perdido a nacionalidade italiana e não possa repassá-la.

No entanto, para obter a documentação completa (o desejado passaporte italiano, inclusive), o ítalo-brasileiro deve solicitar o reconhecimento de sua cidadania italiana por uma das três vias abaixo:

  • Administrativo consular – É solicitado em qualquer consulado italiano no Brasil e a fila de espera para ser atendido leva anos, podendo completar uma década;
  • Administrativo presencial – É solicitado em qualquer comune (cidade) da Itália e, por isso, costuma ser mais rápido;
  • Judicial – É solicitado por um advogado especializado junto à Justiça italiana, por meio de procuração emitida pelo solicitante e de acordo com regras muito específicas.

Cidadania Italiana Via Administrativa

Como conseguir a cidadania italiana mais rápido?

O jeito mais rápido de reconhecer a cidadania italiana é por meio de um procedimento administrativo na Itália, com a ajuda profissional de uma assessoria especializada como a CELESTINO.

Neste caso, o solicitante precisa permanecer em território italiano durante todo o processo burocrático, que pode durar de 60 a 90 dias corridos.

Durante esse tempo, o ítalo-brasileiro não pode trabalhar, precisa comprovar às autoridades locais que tem residência fixa no país e deve apresentar todos os documentos necessários.

Aliás, a busca por certidões e documentos de antepassados é uma das fases mais complexas para comprovar a origem italiana e também requer ajuda especializada. Para saber mais sobre isso, clique aqui.

Por fim, ainda que o trâmite exija dedicação e seja dificultado pela língua, a via administrativa ainda é o meio mais rápido de reconhecer a cidadania italiana.

Tanto que, por este caminho, o solicitante consegue obter seu novo passaporte italiano em até 90 dias após o deferimento do processo realizado na Itália. Por isso, não perca tempo e entre em contato com a CELESTINO agora mesmo!

Nossos consultores especialistas acompanham todas as fases do processo burocrático de emissão da cidadania italiana via administrativa, auxiliando inclusive a sua estadia em território italiano.

Cidadania Italiana Via Administrativa

Texto: Julio Simões

× Como podemos ajudar? Available from 08:30 to 18:00