fbpx

Certificado de vacinação já pode ser emitido pela internet

A fim de agilizar o processo e facilitar a vida do viajante, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou recentemente que vai possibilitar a emissão pela internet do certificado de vacinação para viagens ao exterior. A decisão foi comunicada oficialmente durante o evento que comemorou os 20 anos do órgão, em 29 de janeiro de 2019.

O documento é considerado fundamental para viagens ao exterior, já que mais de 100 países exigem a apresentação do mesmo para obtenção do visto. Aprenda a seguir como conseguir seu documento:

Passo a passo para emissão online do certificado de vacinação

Apesar de ser uma decisão recente, a CELESTINO já vem sendo muito perguntada sobre o procedimento para emissão do documento. O site de serviços do Governo Federal preparou um passo a passo, cujo resumo apresentamos abaixo:

  1. Tome a vacina necessária para sua viagem em qualquer posto público ou particular e guarde o comprovante – ele será fundamental para pedir o certificado de vacinação;
  2. Faça seu cadastro no Portal de Serviços do Governo Federal;
  3. Solicite o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia, que deve levar cinco dias úteis para ser disponibilizado digitalmente – você será avisado no e-mail cadastrado no Portal de Serviços quando o documento estiver liberado;
  4. Quando pronto, imprima o documento em casa mesmo e guarde-o em um lugar seguro para apresentá-lo quando necessário – é possível solicitar a segunda via pelo mesmo site, mas o prazo de emissão aumenta, passando a sete dias úteis.

Por que esse documento é importante?

O Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia é de suma importância ao viajante porque, sem ele, não é possível entrar em mais de 100 países ao redor do mundo. Muitos destes são destinos bastante comuns de brasileiros, como Austrália, China, Malta, África do Sul, Tailândia, além de alguns países da América do Sul (Paraguai, Colômbia, Bolívia…) e América Central e Caribe (Aruba, Belize, Curaçao…). A lista completa pode ser encontrada no site.

Texto: Julio Simões

× Como podemos ajudar?