fbpx

A entrevista para tirar o visto americano é feita em inglês?

Tirar o visto de entrada para os EUA não é algo simples e há muitas dúvidas em torno dessa etapa tão crucial para qualquer viajante. E um dos momentos mais temidos é justamente o último: a entrevista no consulado norte-americano.

Quem não domina o idioma inglês teme se enrolar com a pronúncia ou entender errado a pergunta do entrevistador, e que isso pode levar à recusa do documento. Por isso, nesse post responderemos a uma dúvida comum entre nossos leitores: a entrevista para solicitar o visto americano é feita em inglês?

A resposta é: depende do tipo de visto que você vai tirar. Se seu caso envolve visto de Au Pair (J1) ou outros vistos de trabalho, então a entrevista poderá ser feita em inglês. Isso porque essa documentação requer a comprovação do seu nível de proficiência no idioma de destino — os EUA, no caso.

Porém, para visto de turismo e de negócio, a resposta é não. Apesar dos funcionários do consulado serem cidadãos norte-americanos, eles falam e entendem português normalmente. Porém, nem todos são fluentes no nosso idioma, então sempre responda de maneira clara e objetiva, sem enrolação, para não confundir o entrevistador.

De resto, vale as dicas habituais para a entrevista do visto americano:

  • Chegue ao menos 15 minutos antes do horário agendado;
  • Use roupas discretas;
  • Leve somente os documentos solicitados (celulares e fones de ouvido são proibidos dentro do consulado);
  • Procure não se estressar com a fila;
  • Obedeça aos pedidos dos funcionários;
  • E não faça piadas ou minta durante a entrevista.

Outra dica de ouro é contratar ajuda especializada para aumentar as chances de sucesso na obtenção do visto americano. Na CELESTINO, por exemplo, o solicitante tem seu perfil analisado pela nossa equipe e recebe auxílio no preenchimento de todos os itens do formulário. Além disso, recebe instruções de como se dar bem na entrevista. Para saber mais, entre em contato conosco.

Como aumentar as chances de conseguir o visto americano?

Texto: Igor Nishikiori, com edição de Julio Simões

× Como podemos ajudar? Available from 08:30 to 18:00