fbpx

Canadá passa a exigir biometria na emissão de vistos

O Departamento de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC, em inglês) anunciou que passará a requisitar biometria na emissão de vistos canadenses para alguns países, entre eles o Brasil. Com isso, a partir de 31 de dezembro de 2018, brasileiros entre 14 e 79 anos precisarão fazer a coleta de impressões digitais na hora de tirar o visto canadense.

Não será necessário a biometria para quem já está no Canadá com visto válido e para pessoas que viajarem ao país com visto de turismo americano via autorização eletrônica de viagem (ETA, na sigla em inglês).

Em outras palavras, serão impactados os vistos de visitante, estudante, trabalho (exceto cidadãos americanos), residência permanente e refugiado. Além disso, as taxas atuais do governo canadense para o visto são C$ 100 (dólares canadenses) para visto de visitante, C$ 150 para visto de estudos e C$ 155 para visto de trabalho. Com a biometria, o cidadão brasileiro pagará valor adicional de C$ 85 para aplicante único e até C$ 170 para aplicação em conjunto (família).

Clique aqui e acesse a página especial da CELESTINO sobre o Canadá. 

Texto: Guilherme Soares Dias, com edição de Julio Simões
FonteGoverno do Canadá