fbpx

Afinal, o que é o visto eTA e a quem se aplica?

Desde 2017, o cidadão brasileiro que pretende viajar para o Canadá tem uma opção mais fácil para entrar no país de avião. Trata-se do eTA (Autorização Eletrônica de Viagem, em inglês), documento online que substitui o tradicional visto canadense. Porém, como nem todo mundo está apto a solicitar o visto eTA, explicamos a seguir como ele funciona e como pode ser solicitado. 

Saiba mais sobre a documentação de viagem para o Canadá

O que é eTA?

A Autorização Eletrônica de Viagem (eTA) é um documento vinculado ao passaporte que substitui o tradicional visto de entrada. Ela é válida apenas para quem entra no Canadá via aérea. Em casos de entrada por terra ou por mar é preciso emitir um visto normal.

O eTA vale por cinco anos ou até o passaporte expirar, o que vier antes. Assim que você renovar seu passaporte, será preciso fazer uma nova solicitação do documento.

Uma das vantagens do eTA é a praticidade e o custo, já que o procedimento é feito pela internet e custa apenas 7 dólares canadenses (cerca de R$ 20,20). E o melhor: a confirmação costuma demorar alguns minutos.

Quem pode solicitar o visto eTA?

No entanto, nem todo mundo pode solicitar o visto eTA. Para isso, é preciso se enquadrar em duas categorias:

  • Cidadãos com passaporte brasileiro que tiraram o visto canadense nos últimos 10 anos;
  • Cidadãos com passaporte brasileiro que possuam um visto válido para os Estados Unidos.

Se seu caso não se aplica a nenhum deles, então você precisará do tradicional visto de entrada canadense. Lembrando que agora é obrigatório a coleta de biometria, o que exige maior planejamento do solicitante.

Quatro coisas para saber antes de tirar o visto para o Canadá

A quem se aplica o eTA?

Caso a ideia seja fazer uma visita curta de turismo ou negócios no Canadá, o eTA é uma boa opção. Ele permite ficar no país por um período de até seis meses ininterruptos. Por outro lado, o eTA não permite trabalhar ou estudar dentro do Canadá. Nesses casos é preciso tirar o visto de trabalho ou de estudante.

Cinco ótimos motivos para fazer intercâmbio no Canadá

Lembrando que a emissão do visto eTA por si só não garante sua entrada no Canadá. Por isso, não esqueça de levar documentos de viagem (como o passaporte com o visto norte-americano ou canadense) para não passar por problemas na imigração. Entre em contato com a CELESTINO, temos uma equipe especializada e preparada para te atender com este e outros tipos de documentação de viagem. 

Fonte: Governo do Canadá
Texto: Igor Nishikiori, com edição de Julio Simões

× Como podemos ajudar?